segunda-feira, 14 de abril de 2014

Brasil é responsável por 10% dos assassinatos que ocorrem no mundo.

Cerca de 10 por cento dos homicídios no mundo ocorrem no Brasil.


A informação está em um relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, que mostra que, em 2012, houve 50 mil assassinatos no país e 437 mil no planeta.

O documento indica que, por aqui, as ocorrências diminuíram no Rio de Janeiro e em São Paulo, por outro lado, aumentaram no Norte e no Nordeste, com exceção de Pernambuco.

Noventa por cento das vítimas são homens, mas a ONU alerta que é grande o número de mulheres assassinadas por parceiros e familiares.


Segundo o relatório, o uso de drogas e álcool e o acesso a armas de fogo são fatores determinantes para a alta taxa de homicídios.

Os países com mais assassinatos, mais de 30 para cada 100 mil habitantes, são Colômbia, Venezuela, Guatemala e África do Sul.

O Brasil está no segundo grupo de países mais violentos, ao lado de nações como México e Nigéria, com 25 homicídios para cada 100 mil pessoas.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Uso excessivo de antisséptico bucal aumenta o risco de câncer

Antisséptico bucal em excesso eleva o risco de câncer.
A Faculdade de Odontologia da Universidade de Glasgow, na Escócia, realizou uma pesquisa que comprovou que usar muito o produto pode aumentar as chances da doença na boca e na garganta.
O estudo confirma que o hábito permite que substâncias cancerígenas penetrem na mucosa da região com mais facilidade, aumentando as probabilidades.
Os cientistas disseram que quando o antisséptico bucal é usado para mascarar o cheiro de fumo e álcool, o risco de câncer cresce mais ainda.
A recomendação dos especialistas é que seja feita sempre uma boa escovação com creme dental com flúor e uso do fio dental, combinada com check-ups regulares a um dentista.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Brasil é o 11º país mais inseguro do mundo

Quando se fala em países mais inseguros do mundo, o Brasil está em décimo primeiro lugar. É o que mostra um relatório da ONG social Progress Imperative que analisou 132 nações. 
Egito, Líbano, Ucrânia e Iêmen apresentaram nível de segurança pessoal maior que o dos brasileiros no ranking.
De acordo com o relatório, a violência é o principal item que afeta o desempenho do Brasil em qualidade de vida. 
Em em uma escala de 0 a 100 em segurança pessoal, o Brasil somou apenas 37,25 pontos.
O Iraque foi considerado o país mais inseguro do mundo. Em seguida aparecem Nigéria, Venezuela e República Centro-Africana. 
O país mais seguro do mundo é a Islândia, seguida por Suécia, Suíça e Noruega.

sábado, 5 de abril de 2014

Remédio à base de maconha alivia epilepsia em crianças

Nesta semana, a justiça brasileira autorizou, pela primeira vez, a importação de um medicamento derivado de maconha contra a epilepsia. A droga deve aliviar as convulsões que infernizam a vida de Anny de Bortoli Fischer, uma garotinha de 5 anos de Brasília. 
Ainda que os estudos científicos sobre o tema sejam escassos, casos em vários países mostram que derivados da maconha podem tratar ou aliviar sintomas de uma série de doenças, incluindo formas severas de epilepsia.
Anny sofre com a epilepsia desde que era bebê. Ela tinha de 30 a 80 crises convulsivas por semana, segundo relato da Folha de S. Paulo.
Para atenuar esse quadro, sua mãe, Katiele Fischer, chegou a importar ilegalmente um remédio à base de canabidiol (CBD), um dos 80 princípios ativos (as substâncias que produzem algum efeito no corpo humano) da maconha.
O medicamento reduziu a ocorrência de convulsões e trouxe alívio à menina. Mas a última remessa encomendada pela família de Anny foi retida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), já que a venda de maconha e seus derivados é ilegal no Brasil.
Katiele recorreu à justiça de Brasília, que autorizou a família a importar a droga. Ela chega na forma de um óleo a ser ministrado em doses diárias. A decisão da justiça não libera a venda do medicamento no país e nem vale para outras pessoas.
Nos Estados Unidos, Epilepsy Foundation, organização que apoia pessoas epiléticas e seus familiares, vem defendendo o amplo acesso dos pacientes a esse medicamento. A Fundação diz que há 2,3 milhões de americanos com epilepsia e que, desses, 1 milhão sofrem com convulsões incontroláveis.
Em casos extremos, essas convulsões podem matar a pessoa. O canabidiol não cura a doença, é claro. Mas tem se mostrado mais eficaz que outras drogas no alívio das crises. Há, porém, dúvidas sobre seus possíveis efeitos nocivos em tratamentos prolongados, já que faltam testes clínicos com a droga.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Custo da Copa diminui a empolgação dos brasileiros pelo evento.

O futebol é o esporte preferido dos brasileiros e mesmo assim, boa parte da população desaprova a realização da Copa do Mundo em nosso país.

Uma pequisa encomendada pela Confederação Nacional do Transporte mostrou que se escolha do Brasil para sediar o Mundial fosse hoje, metade dos entrevistados votaria contra.

O presidente do PSDB paulista e deputado federal Duarte Nogueira, diz que o principal motivo é o alto custo das obras:


Sonora 


O deputado Duarte Nogueira acredita que apesar de ser contra a forma como a Copa foi preparada, o brasileiro vai torcer pela Seleção:


Sonora


A Copa começa no dia 12 de junho com o jogo entre o Brasil e a Croácia, na Arena do Corinthians, em São Paulo.

Em março, 132 empresas pediram falência no Brasil.

Cento e 32 empresas pediram falência no Brasil em março.

O número representa queda de 12,6 por cento na comparação a fevereiro e de 15,9 por cento em relação ao mesmo mês de 2013.

Os dados são da Serasa, que explica que a diminuição, na verdade, se deve ao feriado de carnaval, que neste ano caiu em março, que, por isso, teve menos dias úteis.

Dos 132 requerimentos de falência registrados no mês passado, 65 foram de micro e pequenas empresas. Trinta e seis vieram de grandes empresas e 31, de médias empresas.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Comer sete porções de frutas por dia aumenta a expectativa de vida em até 42%.

O ideal é comer sete porções de frutas por dia, e não cinco como os cientistas recomendavam para ter uma expectativa de vida maior.
A conclusão é de um novo estudo feito com cerca de 65 mil homens e mulheres. De acordo com os especialistas, quanto mais frutas a pessoa comer, menor o risco de morrer.
Cada porção recomendada deve conter cerca de 80 gramas. É o equivalente a uma fruta grande ou uma quantidade menor de frutas ou verduras e legumes pequenos.
Os cientistas, da Universidade College de Londres, avaliaram dados de uma espécie de Censo da Saúde no Reino Unido, entre 2001 e 2008. Eles analisaram informações sobre a saúde dos britânicos obtidas com questionários e visitas médicas. Depois, acompanharam as mortes em geral, como as causadas por câncer, doenças cardíacas e derrame. A conclusão: a chance de morte é 14% menor se a pessoa comer entre uma e três porções de frutas, verduras e legumes por dia, 29% mais baixa se ingerir entre três e cinco. 36% menor para quem come entre cinco e sete porções e até 42% mais baixa para sete ou mais.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Aposentados acima de 65 anos terão benefícios no IR.

A Receita Federal reduz adicional no IR para contribuintes com idade superior a 65 anos.
Aposentados e pensionistas precisam ficar atentos na hora de apresentar a declaração do imposto de renda.
Este ano, os contribuintes que se enquadram nesse perfil e que em 2013 tiveram renda superior a R$ 22.240,14 serão obrigados a declarar o imposto.
Esse beneficio abrange apenas os valores de pensões e aposentadorias, de reforma ou transferência para reserva remunerada, pagos pelo INSS ou por alguma entidade privada.
A isenção mensal adicional vale para a soma das aposentadorias recebidas a cada mês e não para cada uma separadamente.
O prazo final para entregar a declaração é até o dia 30 de abril e pode ser feita pela internet através do site da Receita Federal e também por dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

Estudantes brasileiros têm desempenho ruim em exame internacional de lógica.

Adolescentes brasileiros vão mal em prova de lógica.

O país ficou na posição de número 38 entre 44 países em um exame de raciocínio aplicado pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, o Pisa.

Por aqui, menos de dois por cento dos participantes, todos com 15 anos de idade, tiveram desempenho máximo na resolução dos problemas.

Segundo a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, a OCDE, que é o órgão responsável pela avaliação, as meninas se saíram melhor que os meninos no Brasil.

O relatório destaca que a situação socioeconômica dos estudantes influenciaram os resultados.

Os adolescentes de Cingapura, Coreia do Sul e Japão tiveram as maiores notas na prova de lógica. Os piores desempenhos foram dos estudantes do Uruguai, da Bulgária e da Colômbia.

segunda-feira, 31 de março de 2014

Mais de nove mil remédios ficarão mais caros a partir desta segunda-feira.

Comprar medicamentos fica mais caro a partir desta segunda-feira.
São três níveis de aumenta dependendo do tipo do remédio.
A maior alta, autorizada pelo Ministério da Saúde, foi de seis por cento e atinge os remédios mais procurados como amoxilina e omeprazol.
De acordo com a pasta, o reajuste médio, de três e meio por cento ficou abaixo da inflação e foi o menor dos últimos cinco anos.
Mas para os economistas, o aumento vai impactar no bolso do consumidor.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Crianças nem sabem mais para que serve o orelhão e Anatel estuda transformação em wi fi.

O garotinho de três anos olha para o orelhão e diz que achou legal o telefonão. Esse foi um teste realizado pelo jornal Hoje em Dia, em Belo Horizonte, para mostrar que muitas crianças, nascidas na era do celular, nunca encostaram num telefone público de rua. 
A mãe do menino, Josiane Diniz, de 25 anos, disse que nem se lembra mais de quando usou pela última vez um orelhão. 
E a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, já admite que deve rever a obrigatoriedade das concessionárias em manter o telefone público, na renovação de contratos.
Atualmente, o registro de ligações indica que apenas 4 por cento da população usa o aparelho instalado nas ruas. 
Nas grandes cidades hoje é difícil encontrar um orelhão que esteja em boas condições de uso. A maior parte deles sofre vandalismo, pichação e colagem de propaganda ilegal.
Uma das propostas da Anatel é usar os pontos hoje ocupados pelos orelhões para a distribuição de sinal de internet sem fio.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Comer chocolate reduz risco de infarto.

Às vésperas da Páscoa, um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Louisiania, nos Estados Unidos, trouxe uma boa notícia.
Mostrou que o consumo de chocolate preto pode reduzir os riscos de infarto. Isso porque alguns nutrientes absorvidos pelo corpo diminuem a inflamação do tecido cardiovascular, trazendo benefícios no longo prazo.
Os testes foram feitos com cacau em pó, que contem polifenois, antioxidantes e fibras alimentícias com potencial anti-inflamatório.
E mostraram que os benefícios do chocolate podem ser ainda maiores se o consumo for combinado com o de frutas ou alimentos prebióticos. Ou seja, com carboidratos como os encontrados principalmente no alho.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Cada brasileiro já pagou mais de R$ 2 mil em impostos, desde janeiro.

Menos de três meses depois do início do ano, cada brasileiro já pagou mais de dois mil reais em impostos, em 2014.
A informação é do Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo, que atingiu, na última segunda-feira, a marca de 400 bilhões. O número representa a soma de todos os tributos cobrados por prefeituras, estados e pela União, desde primeiro de janeiro.
Em 2014, nesta mesma época, o Impostômetro marcava 405 bilhões, o que mostra um pequeno recuo na arrecadação. Ainda assim, o montante já registrado em 2014 é considerado bastante alto.
E com tanto dinheiro seria possível, por exemplo, construir mais de 11 milhões de moradias ou quase um milhão e meio de postos de saúde.
Apesar do recuo, até agora, a previsão para este ano é que a arrecadação supere a de 2013 e chegue a um trilhão e 800 bilhões de reais.

terça-feira, 25 de março de 2014

Menos da metade dos brasileiros aprova a Copa no Brasil.

A Copa do Mundo começa no dia 12 de junho na capital paulista, com a partida entre o Brasil e a Croácia. Mas no País do futebol, boa parte da população está insatisfeita com os altos custos das obras nos estádios, para a realização do evento.
Uma pesquisa do Datafolha mostra que apenas 46 por cento dos brasileiros acreditam que a Copa no Brasil será boa ou ótima. Outros 30 por cento avaliam que o evento será regular, enquanto para 24 por cento, ele será ruim ou péssimo.
Esse último grupo reprova totalmente a realização da Copa no Brasil, como explica o diretor geral do Datafolha, Mauro Paulino, com base na pesquisa.
Foram ouvidas duas mil e 91 pessoas, de cerca de 130 mil municípios da região metropolitana e do interior do País, nos dias 18 e 19 de fevereiro.
A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Atenção: Anvisa interdita xampu, produto de limpeza e remédios.

A Anvisa interditou xampu infantil, remédio e itens de limpeza.
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária proibiu a fabricação, distribuição, venda e divulgação de todos os produtos saneantes da Pequímica do Brasil Indústria e Comércio Ltda. A medida é válida em todo o Brasil. A empresa continuava produzindo itens de limpeza mesmo depois de ter os produtos interditados no dia 10 de abril de 2013, por falhas no sistema de qualidade. A determinação era para que tudo fosse recolhido do mercado após essa data.
A Anvisa também suspendeu a venda dos remédios Removex e Amendorio, do lote R1304299, da Farmacêutica Rioquímica. Foram constatadas falhas nos rótulos.
A agência ainda proibiu a venda do Alvejante Verão, fabricado por Fernando Buhler. O produto era comercializado sem a regulação do órgão e o fabricante não tinha autorização de funcionamento.
De forma cautelar, o órgão também interditou, por três meses, o lote 030713 do xampu Kids sem lágrimas, fabricado pela Colgate-Palmolive. O produto teve resultado insatisfatório no teste de pH.

domingo, 23 de março de 2014

Presidenta Dilma confirma visita a Araçatuba nesta terça-feira

Ela irá participar de evento realizado pelo Governo Federal.
Presidenta estará acompanhada de vários ministros.


Dilma (Foto: rede globo) 
Dilma durante um de seus pronunciamentos

O Palácio do Planalto confirmou que a presidenta da República, Dilma Rousseff, estará em Araçatuba na terça-feira (25), a partir das 16h30, no Bela vista Eventos. Ela irá participar de evento realizado pelo Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), juntamente com a Prefeitura de Araçatuba.
A presidenta estará acompanhada de vários ministros e da direção nacional da Caixa Econômica Federal. Neste evento, serão entregues 180 caminhões caçamba e 163 motoniveladoras a 230 municípios do Estado de São Paulo.  Serão beneficiados somente os municípios com até 50 mil habitantes.
(Do G1 Rio Preto e Araçatuba);

sábado, 22 de março de 2014

Escola inverte turno de alunos e nota melhora no rendimento





 
Com a intenção de melhorar o rendimento dos alunos, a escola estadual Francisco Brasiliense Fusco, em São Paulo decidiu mudar o horário de aula dos estudantes.
De acordo com o Ministério de Educação (MEC), no Brasil, as escolas dos níveis fundamental e médio são obrigadas a seguir uma carga horária de 800 horas.
O horário das aulas seguem diretrizes das secretarias de educação dos Estados e municípios. Mas como são apenas diretrizes e não determinações, poucas escolas fogem à regra de que as aulas do período matutinos comecem entre 7h ou 7h30.
Há cinco anos, a diretora Rosângela Macedo Moura desafiou a lógica predominante em que alunos do 6º ano em diante estudem de manhã, e os alunos dos anos anteriores frequentem a escola no período da tarde. A profissional inverteu o turno dos estudantes.
De acordo com a diretora, depois de 20 anos, achou a solução para melhorar o desempenho dos alunos. Isto é, depois de notar que os alunos do 6º ao 9º ano dormiam na sala de aula, e não apresentavam um bom desenvolvimento, passou os alunos do ensino médio para o período da tarde. E como previsto, trocou as crianças do 1º ao 5º ano do Fundamental para a manhã, pois neste horário a crianças estão cheias de energia.
Rosangela diz que, quando os alunos do ensino médio começaram a estudar à tarde, todos da escola viram uma melhoria imediata. O nível de faltas entre os alunos mais velhos diminuiu significativamente e o rendimento melhorou.

Internet na madrugada
Para ela os resultados só comprovaram que os adolescentes tem muita dificuldade para acordar cedo, pois não conseguem dormir antes das 10h, justamente por ser uma questão hormonal e pelo fato de ficarem na internet durante a madrugada.
Segundo Rosangela, no início, houve resistência por parte de alguns pais e de autoridades do sistema educacional, mas em pouco tempo a proposta foi aceita. A diretora explicou que a mudança foi uma estratégia para que ela consiga implementar o período integral para todos os anos, no ano de 2015.
(Com informações UOL educação)

sexta-feira, 21 de março de 2014

Atropelamentos representam quase a metade das mortes no trânsito de São Paulo.

O número de mortes no trânsito em São Paulo caiu seis e meio por cento em 2013 na comparação com o ano anterior. 
Dados da Companhia de Engenharia de Tráfego revelam que o índice é o menor já registrado desde 1979, quando o órgão começou a contabilizar os acidentes fatais.
Segundo o balanço, foram registradas mil 152 mortes no trânsito da capital paulista, no ano passado. Destas, quase metade foram causadas por atropelamentos. Outros 35% dos acidentes fatais foram com motociclistas. 
A CET atribui o resultado  ao aumento da fiscalização eletrônica de velocidade, seguido pela Lei Seca e também pelo Programa de Proteção ao Pedestre.
Apesar da diminuição na série histórica, o trânsito de São Paulo ainda mata - em média - três pessoas por dia.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Motoristas que tiveram o carro roubado, no Estado de SP, recebem a devolução do IPVA.

Motoristas que tiveram o carro roubado ou furtado em 2013, no Estado de São Paulo, começam a receber a devolução do valor do IPVA.
O reembolso é feito de forma proporcional de acordo com a data do crime. E será pago em quatro lotes.
Os dois primeiros, referentes aos casos registrados entre janeiro e março, e abril e junho já foram liberados. E os próximos, seguindo a ordem dos roubos realizados nos dois últimos semestres do ano, serão pagos nos dias primeiro e 16 de abril.
O reembolso é automático e o proprietário não precisa fazer nenhuma solicitação. Para sacar, basta comparecer a uma agência do Banco do Brasil com RG original e cópia do documento do veículo. A não ser que conste no boletim de ocorrência que ele também foi roubado.
No caso de pessoas jurídicas, também é preciso apresentar cópia do Contrato Social ou da Ata da Assembleia Geral.

Chocolate preto pode reduzir risco de infarto, de acordo com pesquisa

Um grupo de pesquisadores da Universidade Estadual de Louisiana, nos Estados Unidos, descobriu que o chocolate preto reduz o risco de infarto porque tem efeitos anti-inflamatórios, segundo um estudo divulgado nesta terça-feira (18).

Os resultados deste trabalho foram apresentados no 247º Encontro da Sociedade Americana de Química realizado esta semana em Dallas e serão publicados na revista "Journal of Agricultural and Food Chemistry", afirmou à Agência EFE o diretor da pesquisa, John Finley.

Finley detalhou que quando os componentes do chocolate preto são absorvidos pelo corpo, eles "diminuem a inflamação do tecido cardiovascular e reduzem o risco de infarto em longo prazo".

Para realizar esta pesquisa, os cientistas simularam a digestão de cacau em pó presente no chocolate preto em um modelo de tratamento digestivo que criaram empregando diferentes tubos de ensaio. Em seguida, submeteram os materiais não digeridos à fermentação anaeróbica (sem oxigênio) usando bactérias humanas.

Segundo explicou Finley, o cacau em pó contém vários polifenóis e antioxidantes, como catequinas e epicatequinas, assim como fibra alimentícia, que são escassamente digeridas no estômago, mas que são absorvidos ao passar ao cólon.
"Em nosso estudo, descobrimos que a fibra é fermentada e que os polímeros polifenóis são metabolizados e se transformam em moléculas menores, mais fáceis de absorver. Estes polímeros menores exibem atividade anti-inflamatória", ressaltou Finley.

O diretor da pesquisa também afirmou que os benefícios para a saúde do chocolate preto podem ser acentuados se sua ingestão for combinada com a de alimentos prebióticos (carboidratos que se encontram, por exemplo, no alho ou em complementos alimentícios) ou de frutas.